O que é fé?

Ontem, estava de saída para o almoço, mas antes resolvi procurar um versículo na Bíblia. Enquanto eu a folheava, entrou uma pessoa na minha sala e  perguntou o que eu estava lendo. Respondi que era a Bíblia e ela pediu que eu lesse uma palavra pois estava precisando muito..Li um versículo, mas dentro do meu coração, algo me falava, leia outro. Rapidamente, veio em minha mente, Filipenses 4:6 “ Não estejais inquietos por coisa alguma; antes os seus pedidos sejam conhecidos diante de Deus pela oração e súplica, com ações de graças.”

 

Perguntei à ela: você tem fé? Ela titubeou um pouco e não sabia o que responder...eu perguntei: vc vai vir trabalhar amanhã? Ela disse que sim. Perguntei novamente: vc tem certeza disso? Ela disse, tenho sim. Eu disse: mas como vc afirma que vai estar aqui amanhã? Baseado em que, vc tem essa certeza? e se vc for despedida hoje, ou acontecer algo? Não sabemos do dia de amanhã... Ela olhou com um olhar de exclamação...:

-É verdade, nunca havia pensado dessa maneira !

Pois então, isso é fé!

Continuei, se vc tem certeza de uma coisa, sem ao menos ver, então vc tem fé!

Ela abriu um sorriso e assentiu.

Eu disse, pois então, a fé em Deus funciona de forma parecida. Temos um problemão pela frente, não sabemos como resolvê-lo, tudo parece incrivelmente impossível, mas quando contamos à Ele o que estamos sentindo e o que precisamos, na mesma hora devemos agradecer, mesmo que o problema ainda não tenha sido resolvido! Vc estará confiando inteira e incondicionalmente em Deus! Estará entregando nas mãos Dele seu pedido e confiando que ele irá resolver da melhor maneira possível!

 

Ela me disse que tinha um problema pra ser resolvido, e precisava de uma resposta e estava um pouco aflita...e continuou, mas agora eu entendi, vou agradecer e esperar a solução.E seus olhos se encheram de lágrimas. Contou que estava precisando falar com alguém, necessitava de uma palavra...

 

Depois de nossa conversa, ela disse estar se sentindo melhor, iria confiar mais em Deus. Fui almoçar e o dia transcorreu como de costume.

Hoje, ela me procurou, com uma sorriso enorme no rosto:

- Viviane, estava aflita pra falar com vc, sabe a resposta que eu estava precisando? Eu já recebi !! Foi mais rápido do que eu esperava, nossa, estou tão feliz, precisava te contar o mais rápido possível!

 

Frente a isso, só me resta agradecer de coração a bondade e misericórdia de Deus! Sim, eu não me canso de dizer: Ele é fiel!!! Essa verdade não mudará, nunca !

Pai, em O Nome de Jesus, eu te agradeço por essa bênção!

  

Agora, que tal exercitarmos um pouco mais a nossa fé ?

 

Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.” Hebreus 11:1

 



- Postado por: Vivi às 11h55
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Ontem, ao passar pela portaria do meu prédio, o porteiro me entregou uma caixa de sedex. Hummmmm, o que será que tem dentro e quem será que mandou???

Não acreditei quando abri a caixa e vi um embulho com um adesivo da Hello Kitty e dentro um livro, melhor, O livro. Aquele que eu tanto queria ler, mas só tinha encontrado versões reduzidas e mal traduzidas, “O morro dos ventos uivantes” de Emily Bronte. Uma relíquia, de capa dura e tudo, chiquérrimo! Só podia ser alguém muito especial pra ter feito uma surpresa dessa, Pati só vc mesmo, obrigada de coração!

 

Nos conhecemos ainda na pré-escola, estudamos juntas durante o primário, mas na 5º série, nossas vidas tomaram rumos diferentes, ela e sua família se mudaram e por conta disso, nunca mais nos vimos...Isso há 11 anos!

Porém, nessa era de informatização, nos reencontramos (por enquanto, só virtualmente) com a ajuda de um tal de Orkut (acho que vcs conhecem), trocamos muitos e-mails, telefonemas, mensagens pelo MSN, enfim, percebemos que a amizade e o carinho continuam os mesmos.

Mesmo com o passar dos anos e apesar da longa distância, a Pati continua a mesma pessoa, sincera, educada, amorosa e amiga, praticamente uma irmã! Ah, sem esquecer que continua inteligente que só, né dona Patrícia?

Impossível esquecer das musiquinhas que cantávamos ainda no pré, das provas da dona Araybe (ô terror), de nossas risadas (ríamos até chorar), dos segredos compartilhados, do lencinho bordado que ela tinha (ops, falei...rs), da pasta de papéis de carta ( a dela era gigantesca), do medo que tínhamos da “loira do banheiro”, das palhaçadas do André ( eu ainda vou encontrar esse menino), da cantina da escola...enfim, são lembranças impossíveis de esquecer, ficarão gravadas eternamente em minha memória.

 

Ainda sinto o “cheirinho” daquela época, pena que não volta mais, né? Enfim, lembranças....

 

" O homem de muitos amigos deve mostrar-se amigável, mas há um amigo mais chegado do que um irmão."

Provérbios 18:24

 



- Postado por: Vivi às 11h41
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




 Então meu maxilar resolveu doer hoje. E doer muito. Com certeza na hora da extração do dente do ciso (que eu jamais sei se é com c ou com s), o coitado do maxilar foi lesionado, e às vezes dá o ar de sua graça, deixando a coitada aqui, surtando de dor, como agora. Conseqüentemente, meu humor hoje foi pras cucuias.Enfim.

 

E ontem na volta pra casa, entrei num ônibus (ou se preferir lotação e/ou apertação), tão lotado, que qualquer lata de sardinhas Coqueiro seria mais confortável que aquilo. Isso sem falar da gritaria da cobradora, se sentindo na feira livre de quinta:

- São Judas, Saúde, Praça da Árvore, Santa Cruuuuuuuuz!!!

E não parava de entrar gente, só faltava sair um pela janela.

E a cobradora continuava gritando:

-          Dá um passinho pra trás, pessoaaaaaaaal! “Vâmo cooperá, meu” !!! (bem ao estilo Tati quebra barraco)

E uma sardinha, ops digo, homem lá do fundo, grita:

-          Não dá mais minha filha, tá lotado, quer que eu suba em cima da cabeça de alguém é????

Enquanto isso, uma velhinha acaba de subir e foi aquela briga pra um educado ceder seu lugar pra ela, não tinha espaço nem pra uma pulga, foi um verdadeiro show de contorcionismo.

E o outro desesperado ali num canto não tirava a mão do sinal...(estava com medo de perder o ponto, só pode)

Péééééééimmmmm...pééééiiiimmmmmm...

E o doce da cobradora:

-          Ô gente, calma aêêê!!!! ¨¨%*¨$*¨#*!@*, já ouvi o sinal, num tá vendo que tá lotado, meu??? (notem que o pronome possessivo “meu” é algo usual em sua, digamos, linguagem)

Um detalhe que vale a pena ressaltar, é que toda essa cena se passava ao som de uma trilha sonora de qualidade e conteúdo duvidosos...claro que não posso chamar aquilo de música.

 

A essa altura, já tinha desistido de tentar ler meu livro...tsc, tsc.



- Postado por: Vivi às 11h53
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Eu mereço...

 Hoje o dia começou caótico. Trânsito ensandecido, friozinho, garoa, e mais um episódio de: coisas que só acontecem comigo, parte...érr, sei lá perdi a conta...

 

Estávamos nós, marido e eu, belos e folgados em nosso love car (nossa, essa foi brava, affe), curtindo um congestionamento infinito e estressante e prontos para enfrentar mais um dia de labuta, quando o inesperado aconteceu:

Seguindo nossa rota matinal, saímos da Bandeirantes e entramos na Rod. dos Imigrantes, nesse exato momento e local, o carro simplesmente morreu! Pára tudo, que eu quero chorar! E o danado não pegava de jeito nenhum! Dentro de mim, a 3ª Guerra Mundial já era iminente, mas tentei me controlar, ficar nervosa e estressada e acabar com o dia, antes mesmo de ele começar, não traria a solução. Abstraí e levei tudo na esportiva. E claro, quem poderia nos socorrer aquela hora, estava com o celular desligado, ou seja, tivemos que caminhar, literalmente, contra o vento sem lenço e sem documento ....Enfim, muitas léguas depois, a língua quase arrastando no chão e uma vontade imensa de arrancar toda a roupa, tal era o calor que estava sentindo (detalhe: temperatura no momento: 14º ), chegamos a um ponto de ônibus que me levaria até a estação Conceição do metrô. Calma, que a aventura ainda não terminou, dentro do ônibus, um ser vivo começou a me encarar e grudou o olho em mim, minha vontade naquele momento, era de voltar correndo pra casa (que era de onde não deveria ter saído hoje), vários medos depois, desci e fui esperar o outro ônibus, sim são 2 ônibus até o destino ( ô vida marvada), bom, resumindo, cheguei sã e salva na empresa, amargando um fatídico atraso de 40 minutos (ninguém merece 1.500 vezes gritado em alto e bom som, acompanhado de um chororô de 500 crianças birrentas). Nada mal pra um segunda-feira, não acham?

 

Enfim, agora resta torcer para que o resto do dia seja leve, e as horas passem voando....

 

Ontem conversando com meu sobrinho...

 

Eu: E aí Pedro, quando vc vai lá em casa de novo?

Pedro Henrique: Vc vai fazer bolo?

Eu: Claro que sim...

P.H.: Nham... faz petit gateau também?

Eu: Faço sim...

P.H: Oba, então eu vou!!!

 

Mereço isso???

 

Será que tô com cara de quituteira e num tô sabendo??? A Palmirinha que não se cuide não...

 

 



- Postado por: Vivi às 11h53
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Rapidinhas...

  • Lavei meu cabelo hj cedo e o danado não quer secar nem a pau.
  • Minha cabeça está doendo pra caramba (também, quem manda lavar o cabelo e sair no vento??? )
  • Sinusite atacada! Perigo!
  • Estou completamente lesada hoje. Aliás, hoje mais do que nunca!
  • Tenho mais um sistema de comentários e é fofíssimo!!! Agradeço a  Nanda, do De caso com a solidão
  • Por duas noites consecutivas sonho que vou para Europa com o marido.
  • Tenho que  dar uma ajeitada no meu guarda-roupa, daqui a pouco só vou conseguir achar alguma coisa lá, com a ajuda de uma equipe de busca.
  • Sexta-feira, dá pra chegar logo, por favor??

 

E finalizo com uma frase que li no  Diário de mim mesma da Mônica:

 

Pagas as minhas contas? Lavas as minhas calcinhas? Então tu não tem nada que se meter na minha vida! ( ainda estampo isso numa camisa!)

 

Fui.

 



- Postado por: Vivi às 11h46
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




E por aí vai...

Estou revoltada. Indignada. Sinceramente, acho um absurdo o que me acontece no frio. Vou fazer uma campanha contra o abuso de poder das camas quentinhas na hora de levantar. Hoje cedo, quase não consegui sair da minha cama, ela me envolvia com seus cobertores e edredons quentinhos e macios, me acariciava e me instigava a ficar enrolada em seus lençóis (e fatalmente perder a hora) só faltava falar com uma voz aveludada e gutural, olha, basicamente um jogo de sedução, eu venci, claro! Mas foi difícil a batalha...

 

Por falar em frio, ontem preparei uma poção mágica de chás pro meu marido, ele estava resfriado e um pouco febril (daí já viu a choradeira, e é “ai” pra cá e “ai” pra lá, e homem doente ninguém merece), queimei um pouco de açúcar, e juntei vários saquinhos de chás de sabores diferentes, coloquei canela e pra arrematar, aquele Vick Pyrena, ahhh sem esquecer do analgésico-antitérmico e antigripal, claro. O coitado suou tanto nesse mundo que pensei que fosse derreter, mas funcionou direitinho.Hoje ele acordou bem melhor, só com a garganta um pouco inflamada, mas como existe um sério problema de relacionamento entre homem (ser do sexo masculino) e hospital, nem adianta pedir pra ele ir ao médico, o jeito é apelar pras receitas caseiras mesmo...

 

Abaixa o braço, francesa!!!

Proseando com um amigo do serviço, tocamos no assunto do inverno europeu e como seria se aqui no Brasil fizesse tanto frio quanto nos países nórdicos.Chegamos à conclusão que seria o caos (ó-b-v-i-o), imagine aquele povaréu todo de sem-teto, passando um frio lascado, coisa sem noção mesmo...enfim, papo vai, papo vem (tudo besteira, aviso logo), eu disse que o povo francês são todos amigos do Cascão (é, aquele da Turma da Mônica, que detesta água, lembra?). Sabe aquela história de que povo francês não toma banho? Pois é, meu cu......nhado, que trabalha numa empresa francesa, disse que outro dia receberam a visita de um grupo de franceses da matriz, e tinha um ser lá que tinha a mão tão grudenta e suja, que se alguém fosse cumprimentá-lo correria o risco de passar o resto de seus dias grudado nela (eu daria só um oizinho de longe)...isso sem falar de uma francesa que também estava no grupo, toda vez que ela levantava o braço, em algum gesto simples, como passar a mão no cabelo, quase matava os presentes da sala de reunião por “asfixia fedoral”, a bichinha estava com tanta pêbas que, segundo meu cu...nhado, parecia que não via água e nem sabonete há, pelo menos, um ano. É, minha filha, assim não tem Dior e nem Yves Saint Laurent que dê jeito. É banho mesmo!!

 

P.S Alguém sabe como tirar mancha de caneta marca texto de roupa? Uma felizarda burralda, essa que vos escreve, com mania de marcar tudo o que vê pela frente, deixou a caneta no colo, e a tinta amarelinha, amarelinha foi se espalhando pelo tecido, tomando conta das áreas adjacentes. Pronto. A obra de arte, digna dos traços surreais de Salvador Dali , estava feita...detalhe: a saia é (ou era) novinha em folha, ai que raiva!

 

P.S 2: Feliz Dia do Amigo!! Um beijo para todos os meus amigos, tanto os de perto, quanto os de longe!

 



- Postado por: Vivi às 11h43
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Enfim, o segundo momento...

 

O fim-de-semana foi basicamente delicioso!! Na sexta-feira, depois do culto fomos até a casa da minha mãe, pena que ela estava dodói e ficou deitadinha, mas graças a Deus, ela já está melhor..no sábado, me deleitei com momentos de pura amelice, muita faxina, vassoura pra lá, sabão pra cá, e limpeza de deixar a até a alma da casa branquinha, branquinha!

Saldo: uma unha quebrada, snif...             

...sem esquecer da trilha sonora, as meninas do Voices ficaram roucas de tanto cantar “Tudo é possível pra Ti, Senhor “ (aliás, o cd acústico está maravilhoso) e o Hillsong de-to-nan-do no “Worthy is the Lamb”, ops e euzinha cantando junto, ca-la-ro!

 

O domingo foi de descansar e ficar curtindo uma boa caminha com o marido ao som de “ventos uivantes” batendo na janela..rs, que ventania danada, parecia que a janela ia ser arrancada, deu até medo...à noite fomos à igreja e depois fomos atender a reclamação do meu pai, que ligou chateado perguntando porque não fomos almoçar com eles...deu uma dó quando ele disse que nem parecia domingo pra ele, com a casa vazia daquele jeito...rapidinho parte da família grega se reuniu e foi aquela festa...pena que o Luis Fernando não pôde ir, pegou uma virose e está dodói, senti muita falta daquele sorriso com aquelas covinhas fofas...(ok, sei que sou uma tia coruja e babona, mas fazer o quê, eles são liiiiindos!!!!)

 

Enfim, nesta semana finalmente, o “segundo momento” vai começar na minha vida, amém e amém!! Depois de um longo período de deserto, as águas voltaram a fluir e meu coração está ansioso por tudo isso e muito mais...esperar realmente é algo difícil, mas quando chega o momento de Deus, ninguém pode impedir! O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã...

Um versículo que marcou muito minha vida e que  sempre trago em meu coração é: “A glória da segunda casa será maior do que a primeira e haverá paz!”  E eu recebo!!!

Realmente aquela estrela queria me dizer alguma coisa!

 

Beijos e boa semana!!!

 

PS.O que significa essa espinha monstruosa (tudo bem, sei que ela é pequena, mas pra mim, ta parecendo o Everest de tão grande), que nasceu bem na ponta do meu nariz, heim??? Ninguém merece....esses hormônios...

 



- Postado por: Vivi às 11h48
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Há alguns dias ...

Este post eu iria publicar semana passada, mas acabei desistindo... mas resolvi postar hj pra provar como as circunstâncias de nossas vidas mudam, basta tão somente crer e seguir em frente. Nada como um dia após outro...

 

Ontem estava desanimada, sem disposição, com vontade de ficar trancada dentro de casa, sem ver ou falar com ninguém...é horrível, mas às vezes isso acontece.

Quando saí do trabalho na terça-feira, no caminho para casa pensei e refleti sobre muitas coisas, fui na companhia de uma estrela que brilhava muito solitária...Engraçado, o céu é tão imenso, existem milhares de estrelas, mas naquele momento e naquele lugar, só havia uma, excepcionalmente aquela. Fiquei a observa-la ao longo do caminho. Ao fundo, o Sol que estava se pondo, deixava um rastro de luz avermelhada e ia, aos pouco, se recolhendo...Uma cena linda e nostálgica!

Eu estava muito pensativa, li algumas páginas de um livro que fala sobre a chamada missionária de um jovem chamado Bruce Olson. Envolvi-me tanto com essa história que estou com pena de terminar o livro, e só faltam algumas páginas para o fim...Sempre tive paixão pelo trabalho missionário, acho algo lindo, que parte diretamente do coração de Deus! Desde adolescente tinha um sonho de ir embora, partir pra uma outra terra, algum lugar distante, novas culturas, outros povos; fico emocionada quando sei de alguém que deixou TUDO, se preparou e partiu para obedecer ao Ide de Jesus! Fiquei pensando em tudo isso e me senti pequena, minúscula, sozinha, como aquela estrela, perante a imensidão do Universo! E além de tudo, fraca, impotente...

Segui para a casa da minha mãe, brinquei com minha sobrinha Laryssa, conversei com minha irmã, com minha mãe, mas meu pensamento estava longe, alto...e vez ou outra, a imagem daquela estrela me vinha à mente...

Meu marido passou por lá, depois fomos ao supermercado e de lá para casa, e eu continuava distante...Sentia um vazio enorme dentro de mim, algo que não sei explicar...e uma pontinha de tristeza.

Tomei um banho e fiquei na sala, tentando assistir um pouco de TV... meu cunhado ligou, nos convidando para ir até a casa da minha mãe, comemorar o aniversário da  minha irmã...não fui, não estava disposta para festa ( tadinha da minha irmã, sei que ela merece, mas não foi possível ir, mas comprei um presente e depois entrego), não tinha condições nenhuma para sair de casa. Parece que de uma hora para outra, tudo perdeu o sentido, a graça, a cor...Por que será que aconteceu isso? E aquela estrela, por que chamou tanto minha atenção? Parece que queria me dizer alguma coisa....

 



- Postado por: Vivi às 11h46
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Pintar a sala???? Ôpa...

Eu adoro novidades, e isso não é uma novidade...rs. Hoje de manhã, fiquei sabendo que vou poder escolher uma cor pra pintar a sala onde trabalho. Vamos fazer algumas mudanças pra receber uma companheira no departamento e como a sala já está precisando de uma pintura, voilá! Aiai, rosa, amarelinho, azul, verde.... qual será que vou escolher heim???? Claro que vou escolher a cor em absoluto segredo, sem me deixar influenciar pela opinião dos dois representantes da ala masculina que dividem a sala comigo hohoho...eles não vão se importar né??? Imagine a sala toda toda rosa, com detalhes em branco, florzinhas.....tenho certeza que eles vão adorar!!! hehehe

 

Bem, agora vou ali "escolher a tal cor" e já volto...enquanto isso, deixo um texto para reflexão:

May God bless you!!!!!!!!!!!!!

 

 

Após a tempestade, a bênção

 

"E sabemos que todas as coisas concorrem  para o bem daqueles
que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o  seu
propósito" (Romanos 8:28).

Os fazendeiros no Alabama estavam  acostumados a um único
tipo de plantio -- algodão. Eles aravam a terra e após  
colheita, plantavam novamente. Viveram, assim, do algodão
por vários  anos.
Foi então que, em determinado ano, uma praga -- o gorgulho do algodão,  devastou a área inteira.
 No ano seguinte os fazendeiros hipotecaram suas  casas e
plantaram algodão mais uma vez, prevendo uma boa colheita.
Tão  logo o algodão começou a crescer, os insetos retornaram
e destruiram toda a  colheita, levando à falência a maioria
das fazendas. Os que conseguiram  sobreviver, decidiram fazer
uma experiência no terceiro ano cultivando algo  que nunca
haviam plantado antes -- amendoim.
 O resultado foi tão  fabuloso  e a aceitação do mercado tão voraz que os
fazendeiros já no terceiro ano de  plantio haviam conseguido
saldar todas as dívidas.
Continuaram plantando  amendoins e prosperaram grandemente.
 Os fazendeiros, felizes com  seu progresso, reuniram-se e construíram um
 monumento à praga do algodão!  Se não fossem aqueles insetos, jamais teriam
descoberto o amendoim. Eles  descobriram que até nos grandes
desastres pode existir motivos de  regozijo.

Que proveito temos tirado das grandes decepções e  dos
grandes fracassos? Concluímos que tudo está perdido e
desistimos de  lutar pelos nossos objetivos? Maldizemos a
sorte e murmuramos contra  Deus?

As grandes vitórias são obtidas justamente nos grandes  
difíceis confrontos. É na coragem e persistência diante dos
grandes  obstáculos que mostramos a nossa fé e a certeza de
que, com o Senhor, nenhuma  batalha está perdida. É com
ousadia e firmeza inabalável que esperaremos o  sol de nossa
alegria brilhar no meio da feroz tormenta.

Confie no  Senhor mesmo na aflição, e  sua vitória chegará!

 

 



- Postado por: Vivi às 11h50
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Dear Lord Jesus,

I need you...I need Your grace to forgive me and I need Your love to change me.Thank you for Your amazing love...thank You for giving me life and eternity. But above all, thank You for dying on the cross for me. Now, You live in me...I belong to You. I will live for You and I will love You forever...Amen!

 

 PS. Finalmente comprei o cd duplo do Hillsong - Shout to the Lord 2 / Darlene Zschech. Simplesmente maravilhosoooooooooo!!!!!!!



- Postado por: Vivi às 12h06
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Emoção profunda

 

Final de semana de muito frio, e quem mais ficou escondida debaixo das cobertas, fui eu...hehehe.

 

Dessa vez, não teve bolo de fubá “desmoronado”, em compensação teve muito algodão doce, crepe de queijo e chocolate, docinhos e bolo de aniversário do João Paulo, meu sobrinho. A festa foi óóótima, muitas risadas + boa companhia + bebês tudodefofos + muuuitas calorias = pura diversão!

Teve até cover da Xuxa... “tentando” cantar no videokê...rs

 

Bem, como não podia ser diferente, teve mico, mas dessa vez não foi meu.E um aviso: só acreditem numa “fofoca”, quando constatarem que os fatos que perambulam por bocas alheias, são verídicos (embora quase nunca sejam).Do contrário, fiquem de boca bem calada que é melhor! Vamos ao ocorrido:

 

Estava eu bela e folgada num canto com minha sobrinha no colo, quando chega uma convidada e dispara:

Nossa, que neném mais fofa. Parabéns, Viviane!!

Eu: Er, não é minha não, é filha da Solange (minha irmã)

Convidada: Ah...ué, mas vc não estava grávida???? Me disseram que você estava grávida...

Eu: ( com cara de paisagem ) Eu, grávida??  Só se me engravidaram sem eu saber...

Convidada (ainda insistindo na “informação”): Não!? Nossa, tinha certeza que vc estava

grávida...er...mas vc casou né?

Eu (com cara de paisagem + cara de pastel + vontade de mandar tomar naquele lugar quem cuida da minha vida: É, casei sim...

Depois do tóim, a convidada saiu pela tangente e foi cantar em outra freguesia...

É, a intenção pode até ter sido boa (o que eu duvido muito), mas o resultado...

 

Tsc, tsc...tô dizendo mesmo, eu não sou bonita, famosa e nem rica, mas parafraseando a outra, cada passo meu é um flash! Ô gente pra cuidar da vida alheia, sô!!!!!!! Tenha dó....a língua mais parece uma anaconda...

 

Enfim, momentos de “O Aprendiz de Nelson Rubens” à parte, na hora de cortar o bolo, todo mundo gritando: discurso, discurso!!! E o aniversariante, naquela calmaria que lhe é peculiar, com a maior cara de cínico do mundo, diz solenemente:

 

Emoção profunda...

Quando a gente caga

A bosta bate na água

E a água bate na bunda

 

E o riso foi geral...........

 

 

Por acaso, eu disse aqui que ele é meu sobrinho!!??



- Postado por: Vivi às 11h31
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Enquanto isso, na casa amarela...

 

Domingo fiz um bolo de fubá com côco, ficou maravilhoso e cresceu muuuuuito...o marido, não se contentando em deixar o bolo na assadeira, começa:

 

Ele: Amor, deixa eu desenformar, vai ficar melhor num refratário, ele está tão bonito, e piriripororó, blábláblá...

Eu: ãhn...acho melhor deixar aí mesmo, tá bom assim, vai que não dá certo e o bolo desmorona, aí já viu...

Ele: Ah não, não vai acontecer isso não. Eu garanto, eu sei fazer isso como ninguém, e blábláblá....(tentando de todo jeito me convencer)

Eu: Aaaaai, ta bom, pode desenformar...mas olha lá, heim?

 

E o danado desenformou direitinho o tal do bolo, e não é que ficou até mais bonito mesmo num prato de vidro? mas eis que:

 

Ele: Agora vou pôr a mesa pro café, tá? Aproveito e levo o bolo...

Eu: Amor, forra a mesa primeiro e depois vc leva o bolo.

Ele: Não, dá pra levar tudo de uma vez só!

Eu tentei argumentar, mas deixei pra lá, pensei com meus botões, ele não vai derrubar o bolo, não imagina, não vai, ele NÃO PODE DERRUBAR AQUELE BOLO!!!

Passados alguns “longos segundos”, ouvi um certo ruído e uns murmúrios vindos da sala quando eu menos espero, lá vem ele ( o marido ), com um sorriso mais amarelo do mundo e com uma cara de “eu-não-tive-culpa-de-nada”, que me deu até dó...

Ele: Amor, fui colocar o bolo em cima da mesa, bati o prato na cadeira e...ele virou inteiro...

 

De tão trágico ficou cômico..eu não sabia se ficava nervosa, se chorava, ou se morria de rir...pensem numa tragicomédia!

O jeito foi remediar a situação se deliciando com o outro bolo, o de banana, que nem por decreto do Presidente da Repúblia, eu deixaria ele desenformar e levar para a mesa. Nem que ele levasse amarrado. Nunquinha!

 

 



- Postado por: Vivi às 12h12
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Fale baixinho...

 

" Alto deve ser o valor de suas idéias, não o volume de sua voz. O mundo ouve mais quem fala baixo, mas pensa alto. Enquanto Hitler gritava bastante, Ghandi falava baixo, Chaplin fazia cinema mudo, e Cristo não levantava a voz. Fale baixinho... Mostre que seu pensamento caminha além de sua voz."

 



- Postado por: Vivi às 12h04
[] [ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________





Um pouco de mim...

Viviane. 27. Vivendo numa casinha amarela com o marido e sua filhinha Bianca.Paixão por São Paulo.Decididamente indecisa. Família grega.Leitora insaciável.Fascinada por gatos.Cada vez mais nostálgica.Sétima arte.Amizades sinceras.Dieta forever.Música.Boa educação.Eterna Alice.Comida chinesa.Superação.Sol.Reviver um velho amor.Tepeêmica.Acordar cedo.Pedagogia.Muita água.Abstrair sempre.Amar e ser amada.Desvendar segredos.Cantar.Chorar de rir.Falar com os olhos.Sentir com a alma.

...e assim vou eu tocando as notas da doce melodia da vida; às vezes não tão afinada e nem tão doce como deveria...


Meu e-mail
Meu MSN


Histórico:

- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004



Outras melodias:

- Sorvete
- Johnny Coaster
- Mundo vivo
- Cantinho da Jac
- Diário de mim mesma
- Pollyangel
- Lelê
- Soberana
- Teoria do caos
- Nadica de Nanda
- Sequeladíssima
- Dipernaslongas
- Miscelâneas
- Penso, logo...
- Esperando a Giovana!
- Nosso bebê - Tati
- Luana e bebê
- Mamãe Lu e bebê
- Universo de possibilidades
- Miche e Camila


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:


E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" (Romanos 8:28 )

Atualmente lendo


Não desista, não pare de crer, os sonhos de Deus, Jamais vão morrer

Ide por todo o Mundo!

 


Vivendo o segundo momento, porque Deus é Fiel!

Comentários por



Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com